CanadáHistória

CASA LOMA – recue no tempo para um período de esplendor e elegância europeia

 

fevereiro2016

Casa Loma: uma das jóias arquitetónicas de Toronto

Casa Loma (termo espanhol que significa “Casa na Colina”; House on the Hill em inglês) é um museu e ponto de referência na parte alta da cidade de Toronto, construído como um castelo neorromântico. Originalmente, foi a antiga residência do financeiro canadiano Sir Henry Mill Pellatt. fevereiro2016
O palacete foi construído ao longo dum período de três anos, entre 1911 e 1914. O seu arquiteto foi E. J. Lennox, igualmente responsável pelo desenho de vários outros marcos da cidade.
Hoje, a Casa Loma é uma das principais atrações turísticas e hotelaria de Toronto. A cada ano, mais de 350.000 visitantes conhecem a Casa Loma, uma jóia arquitetónica completa com suites decoradas, passagens secretas, um túnel de 800 pés, torres, estábulos, e 5 acres de belos jardins.
Estão disponíveis tours multimédia autoguiadas em inglês, francês, japonês, alemão, italiano, espanhol, mandarim, coreano e em Língua Gestual americana. Estão disponíveis em inglês e francês visitas áudio descritivas para deficientes visuais.
Um cenário perfeito para ocasiões especiais, a Casa Loma é também palco de mais de 250 eventos privados anualmente. A arquitetura única tornou-se também um local altamente desejável para cinema, televisão e sessões fotográficas.

Conheça um pouco da história
A Casa Loma levou três anos para construir e custou, na época, 3,5 milhões de dólares. Sir Henry Pellatt encheu a Casa Loma com obras de arte do Canadá e de todo o mundo. A Casa Loma ficou como um monumento ao seu criador – superou qualquer casa particular na América do Norte. Com crescentes ameias e passagens secretas, esta homenageou os castelos e cavaleiros de tempos passados.
Além de sediar grandes eventos sociais, os Pellatt’s estiveram envolvidos numa série de projetos filantrópicos. Sir Henry Pellatt era um administrador e benfeitor do Trinity College e um forte defensor do Grace Hospital. A organização do St. John’s Ambulance Brigade no Canadá é devido em grande parte aos seus esforços. A senhora Pellatt, apesar da sua saúde frágil, desempenhou um papel ativo na promoção do Girl Guides of Canada. Ela foi nomeada a primeira Comissária das Girl Guides of Canada e em 1919 foi homenageada com o maior prémio Girl Guides, o Peixe de Prata.
fevereiro2016Infelizmente, as fortunas de Sir Henry Pellatt não poderiam sustentar a magia que era a Casa Loma. Para financiar a expansão, Pellatt and Pellatt endividaram-se ainda mais. A única fonte segura de rendimento a partir do monopólio da energia elétrica desapareceu quando decisões políticas permitiram que a eletricidade passasse a ser de propriedade pública. Numa tentativa fútil de restaurar a sua riqueza, Sir Henry Pellatt virou-se para a especulação imobiliária. Ele estava convencido de que os prósperos Torontianos iriam apressar-se a construir casas em redor da Casa Loma.
No entanto, neste caso, o seu sentido empreendedor não levou em conta os efeitos da Primeira Guerra Mundial. Durante a guerra, os canadianos colocaram o seu dinheiro em títulos de guerra, não em casas. Depois da guerra, a economia caiu, levando Pellatt and Pellatt à falência. A empresa devia ao Home Bank of Canada 1.7 milhões de dólares – ou em termos atuais 20 milhões de dólares. Com as suas ações sem valor e as suas dívidas de negócios fora de controle, Sir Henry Pellatt foi confrontado com uma decisão de partir o coração – uma decisão que ele sempre reivindicou foi tomada para ele por parte dos assessores (fiscais) de bens imobiliários da cidade. Confrontado com uma fatura de imposto extraordinário, Sir Henry Pellatt não teve escolha senão leiloar os seus preciosos bens por uma fração do seu valor e abandonar o seu sonho de um nobre castelo.

 

Os anos pelo meio
Após Sir Henry Pellatt deixar a Casa Loma, esta manteve-se vaga, enquanto as propostas eram consideradas para o uso futuro. Em 1925, um ano após Sir Henry Pellatt se ter retirado para a sua quinta em King, o arquiteto William Sparling apresentou uma proposta para converter a casa num hotel de luxo.
Foi concedido a William Sparling um contrato de arrendamento a longo prazo, tendo este começado o processo de conclusão do Grande Salão e a sala de bilhar, áreas que Sir Henry Pellatt nunca tinha terminado. Ele também tinha planos para adicionar duas grandes alas para as secções leste e oeste do edifício prinícpal, com cada uma a conter 96 suites e 56 quartos completos. Estas alas não foram construídas. Um sindicato de Nova York ofereceu-se para comprar a Casa Loma em 1928, mas o negócio nunca foi concluído e o hotel ficou condenado ao fracasso em 1929.
Durante o final de 1920, a Casa Loma também foi uma casa noturna popular. The Orange Blossoms, mais tarde conhecido como Glen Gray e a Casa Loma Orchestra, foram contratados para atuar por oito meses na Casa Loma em 1927 e 1928. Pouco tempo depois, eles saíram numa digressão pela América do Norte.
Com o início da Grande Depressão, a Casa Loma, mais uma vez permaneceu vaga. Em 1933, a cidade de Toronto adquiriu a propriedade do imóvel por $27,303.45 em dívida em impostos atrasados. As sugestões para possíveis usos do edifício incluíram um liceu, um museu, uma galeria de arte, uma casa de convalescença para veteranos de guerra e uma residência permanente para os quíntuplos Dionne. Nenhum dos projetos se mostrou viável e a cidade de Toronto chegou a considerar a demolição da Casa Loma. O Kiwanis Club of West Toronto começou a operar a Casa Loma como uma atração turística em 1937. Este acordo prosseguiu até 2011.fevereiro2016
Em agosto de 2011, foi criada a nova Casa Loma Corporation. A cidade de Toronto continua a ser o único proprietário do local.
Em janeiro de 2014, o Liberty Entertainment Group, liderado por Nick Di Donato, celebrou um Contrato de Arrendamento e operacional a longo prazo com a cidade de Toronto para a Casa Loma. Isso inclui todos os aspetos de operação da Casa Loma tanto como um local para eventos especiais, bem como uma atração turística. O Liberty Entertainment Group tem planos para preservar e fazer melhorias no edifício, reforçar os eventos especiais e a experiência de jantar e integrar novas tecnologias para a programação escolar e cultural.

fevereiro2016

Localização
A Casa Loma localiza-se no Austin Terrace, no extremo norte da Spadina Avenue, num escarpamento (Davenport Hill) acima da Davenport Road. Davenport corre ao longo do fundo do escarpamento que era a linha costeira do pró-glacial e pré-histórico Lago Iroquois, o predecessor do Lago Ontário. A Casa Loma propicia vistas para o escarpamento e para Spadina Avenue, no coração de Toronto. Os estábulos localizam-se no número 330 da Walmer Road e o pavilhão de caça no número 328 da mesma rua.

Horário de Funcionamento
A Casa Loma está aberta diariamente entre as 09:30 -17:00 horas (última entrada: 16:30 horas). A Casa Loma fecha às 13:00 horas – véspera de Natal – 24 de dezembro; fechada no Dia de Natal – 25 de dezembro.
Informações:
• A Casa Loma está localizada no One Austin Terrace, perto da esquina da Davenport Rd. e Spadina Ave.
• Todas as crianças devem ser acompanhadas por um adulto.
• Crianças até aos 3 anos de idade não pagam quando acompanhadas por um membro adulto da família.
• O preço do bilhete inclui o uso de um guia multimédia e visualização do documentário Pellatt.
• O Liberty Cafe e a Casa Loma Gift Shop estão localizados no nível mais baixo.
• Não são permitidos alimentos ou bebidas no edifício fora do Liberty Caffe.
• Não é recomendado o uso de carrinhos de criança, devido às escadas.
• O Castelo e os jardins estão disponíveis para eventos privados, reuniões, media e filmagens.

Preços de admissão regular
Bilhete Base Taxas Total do Bilhete
Adultos (18-59) – $21.24 HST $24.00
Idosos (60+) ou Jovens (14 – 17) – $15.93 HST $18.00
Crianças (4-13) – $12.39 HST $14.00
Crianças até aos 3 anos de idade estão isentas de pagamento.
A entrada para o documentário Sir Henry Pellatt e uso do guia multimédia de áudio está incluído no preço do bilhete.
O Toronto CityPASS é a admissão Casa Loma, mais 4 outras admissões para atrações turísticas imperdíveis combinadas num “livrete-bilhete” com grandes descontos. As pessoas podem poupar cerca de 45% e ignorar a maioria das linhas. Custo: adulto $64,00 CAD + HST; crianças (4-12) $41,00 + HST.
Comprar livros ou e-tickets em citypass.com.

2,187 total views, 2 views today

Tags
Close
Close