[lbg_audio4_html5_shoutcast settings_id='1']
Segunda-feira - 29 de Maio, 2017
Últimas

O novo império da língua portuguesa – por Teresa Machado

março 2016

Fernando Pessoa imortalizou a frase “A minha Pátria é a Língua Portuguesa”, o que obrigatoriamente nos leva a ponderar sobre a importância do uso da língua mãe que nos acolhe onde quer que estejamos, seja qual for o solo, o chão que pisamos, ou o teto que nos cobre. E, se estivermos a falar da língua de Camões, principal difusor da nossa língua, poderemos, provavelmente, atribuir-lhe “culpas” pelo facto de, nos dias que correm, digitais e virtuais, a língua portuguesa ser falada por 250 milhões de pessoas – a quarta língua mais falada do mundo, a sexta mais usada no mundo dos negócios, decorrente da ascensão económica e cultural do Brasil e Angola.
A língua portuguesa, como uma espécie de língua universal, quiçá “nivelada” pelo Acordo Ortográfico (ainda tão polémico para alguns linguistas) objetiva o domínio de regras comuns a vários países que partilham a mesma língua oficial, desejável na criação de um padrão de uso da língua, quer falada quer escrita, que facilite a sua compreensão dos falantes. Acervo de um povo que se almeja singular na língua, mas plural nos sentires, é aqui que olhamos para o português de Portugal em que nomes como Eusébio, José Mourinho, Cristiano Ronaldo marcam pontos no mapa – múndi, conjuntamente com os outros vultos da identidade cultural portuguesa: Amália, Manoel de Oliveira, Siza Vieira, Paula Rego, Marisa, Madredeus…e quantos os que ilustram com arte, música, arte, desporto, ciência… a língua lusitana. O nome do grande escritor José Saramago, nobel da literatura 1998, trouxe para a escrita a regra de não haver regras, todavia nas transgressões linguísticas e na sua criação ficcional realizou o imaginário crítico da história de um povo chamado português.
No território linguístico nacional pode não haver a noção consciente e interiorizada da grandiosidade do português, com a respeitosa idade de 800 anos, portanto uma das mais antigas do mundo, uma das primeiras a ser internacionalizada pela ação dos navegadores da Expansão Marítima, entre os séculos XV e XVI – segundo o órgão oficial da Comunidade Portuguesa do Instituto Internacional de Língua Portuguesa das Comunidades. De facto, hoje esta é a língua oficial em dez países, oito dos quais membros da CPLP, juntamente com a China-Região Administrativa de Macau, cooficial do Mandarim até 2049 e da Guiné Equatorial. De forma a termos uma visão cromática do português pelo mundo, diremos que ocupa uma mancha de 10,7 milhões de quilómetros quadrados nos continentes da América, África, Europa e Ásia, aproximadamente 9 milhões destes falantes encontram-se agora nas comunidades dos EUA, Canadá, Japão, África do Sul, Paraguai e Venezuela. A Internet possui uma rede de utilizadores significativamente ativa, através de recentes dados, ultrapassam a escala dos 83 milhões de utilizadores e nas redes sociais é a quinta língua mais utilizada. Esta é a nossa língua.
Orgulhemo-nos!

março 2016

3,814 total views, 1 views today