Últimas

CIDADANIA E PARTICIPAÇÃO: PARAR, PENSAR E AGIR!

“Porque todos nós e de igual modo, tanto bárbaros como gregos, temos uma origem semelhante; porque é apropriado satisfazer as naturais necessidades que são comuns a todos os homens; todos temos a aptidão para as cumprir da mesma maneira, e nisso nenhum de nós é diferente por ser bárbaro ou grego: porque todos respiramos do ar pela boca e pelas narinas.”

– Extraído de um fragmento de papiro do século V a.c., intitulado Da Verdade e atribuído a Antifonte, um orador e pensador ateniense, IN Vida e Morte da Democracia, John Kean

 

 

A “Cidadania” é o conjunto de direitos e deveres fundamentais do cidadão, um conceito que já vem da Grécia Clássica e que, embora tenha evoluído, mantém os traços essenciais nos nossos dias.
A Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, e a ANIMAR(1) – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local – criaram o Roteiro Cidadania em Portugal(2) que desafia as redes e as comunidades locais de todo o país a uma viagem de descoberta, reflexão e ação sobre cidadania e participação.

O Café Memória(3) de Viseu(4) é um local de encontro destinado a pessoas com problemas de memória ou demência, bem como aos respetivos familiares e cuidadores, para partilha de experiências e suporte mútuo, onde se facilita a interação entre todos, se oferece apoio emocional, informação útil e promove a participação das pessoas em atividades lúdicas e estimulantes com o apoio de profissionais de saúde ou de ação social, num contexto informal.
O Café integrou o roteiro que, em Viseu, começou na Carmo 81 com o fabuloso projeto “A Voz do Rock”. A sessão foi dinamizada pela equipa do Roteiro e não faltou, como habitualmente, bolo, chá e café.

Os participantes foram desafiados a PARAR, PENSAR e AGIR. Após uma breve dinâmica de apresentação de todos os participantes, deu-se início ao diálogo e partilha de informação acerca da Cidadania e Igualdade.
Organizados em grupos, rapidamente, consensualizarem ideias, gostos e motivações. Desenharam os projetos que gostariam de ver desenvolvidos em Viseu: jardim de inverno; ecovias; mais bancos nos espaços verdes; melhorar a mobilidade (retirando obstáculos dos passeios: árvores, postes); parque de estacionamento gratuito para pessoas com 65 ou mais anos; cinema para seniores; Centro de Convívio e Lazer Intergeracional…
Uma manhã diferente, com atividades diversificadas, que possibilitou também a visita à Carrinha da Cidadania e Igualdade dinamizada por dois animadores que deram a conhecer materiais pedagógicos e didáticos de suporte aos temas associados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável: Igualdade de Género; Diversidade Cultural; Territórios Sustentáveis e Desenvolvimento Local; Educação para a Cidadania; Instituições Eficazes e Inclusivas; Combate às Desigualdades; Trabalho Digno e Crescimento Económico; Ambiente e Bem-Estar; Saúde e Qualidade de Vida; Luta Contra a Pobreza e Exclusão Social.
Uma sessão ímpar que contribuir para a melhoria da qualidade de vida e redução do isolamento social das pessoas com problemas de memória ou demência bem como dos respetivos familiares e cuidadores e para sensibilizar a comunidade para a relevância crescente do tema das demências, reduzindo, assim, o estigma que lhe está associado. Acreditamos que o Café Memória é um bom instrumento no apoio à socialização e normalização da vida das pessoas com demência e dos seus cuidadores.

Referências:
1 – www.animar-dl.pt
2 – www.cidadaniaemportugal.pt
3 – www.cafememoria.pt
4 – www.facebook.com/Caf%C3%A9-Mem%C3%B3ria-Viseu-755669224551919/

 

567 total views, 1 views today