Naturopatia

Chá de Salva

A salva ou sálvia (Salvia officinalis) é um subarbusto perene, originário da região mediterrânica oriental, cultivado em todo o mundo há milhares de anos. Por vezes surge como subespontâneo em Portugal. É uma das mais espantosas plantas medicinais que a humanidade tem ao dispor, sendo por isso também uma das mais estudadas. Notáveis os estudos em decurso que demonstram como pode retardar o processo de envelhecimento e ser utilizada com sucesso no tratamento da doença de Alzheimer.

Também é conhecida como erva-santa, erva-sacra, chá-de-frança, chá-da-europa, salva-das-farmácias ou salva mansa, é muito bonita enquanto planta ornamental, revelando-se fundamental num jardim, para quem quiser tirar partido das suas propriedades medicinais e culinárias.

A salva é uma das aliadas que pouquíssimas pessoas admitem utilidade. Os temperos podem ajudar a inovar os sabores do cardápio, mas também podem reforçar a imunidade e resistência corporal. Assemelha-se a ervas como o manjericão, alecrim, tomilho, orégano, lavanda, e até a hortelã. Todos estes se enquadram no grupo Lamiaceae, folhas que podem agir com princípios medicinais e favoráveis à prevenção de diversas doenças.

É fundamental uma análise minuciosa das propriedades da salva, pois as folhas podem servir não só para a saúde, mas também para a boa forma, no caso de pessoas que adotam dietas para perda de peso.

Alguns estudos já comprovaram a sua ação anti-inflamatória e antioxidante, ambas muito convenientes para o equilíbrio e o funcionamento de todo organismo. Os benefícios da Salva podem atingir aspetos que pouco imaginam, por isso, saber como melhor aplicá-la pode melhor mais ainda os seus efeitos. Compreender para que serve esta planta é importante para que possa obter todos os benefícios da salva.

Direitos Reservados

Benefícios

1. Antiséptico
Se você tem problemas com cicatrização, saiba que uma compressa de água preparada com salva, se aplicada diretamente sobre a ferida, pode apoiar a recuperação e regeneração da pele, reduzindo o impacto que poderia ser causado por bactérias e adversidades externas.

2. Depressão
Que os chás são excelentes calmantes, isso nós sabemos, mas o que foi descoberto é que a infusão de salva pode auxiliar no equilíbrio do humor e até mesmo reduzir os sintomas de casos de depressão.
3. Sistema cardiovascular
Rica em flavonoides e ácidos fenólicos, há benefícios da salva na prevenção de doenças cardiovasculares.

4. Menopausa
A salva é apontada como funcional para o controle e redução dos sintomas causados no período de menopausa. Sabemos que as mulheres lidam com diferentes desconfortos, e a erva pode agir diretamente sobre a mente e sistema nervoso.
Em algumas pesquisas, foi identificado que algumas mulheres utilizam o óleo de salva para reduzir a sudorese noturna, comum nesses períodos. Afirma-se que a salva pode reduzir a sudorese em até 50%. As ondas de calor podem se tornar menos frequentes a partir da quarta semana de tratamento.

5. Pele
A alimentação incorreta também deixa evidências na pele. Os benefícios da salva estendem-se ao tecidos, oferecendo efeito antienvelhecimento, reduzindo impactos causados por rugas e marcas de expressão consequentes do avanço da idade.
A salva é rica em substâncias antioxidantes que protegem o organismo contra a ação de radicais livres. Os principais nutrientes contidos na salva e que são capazes de contribuir com a proteção dos tecidos é a vitamina A e o Cálcio.
A erva ainda pode auxiliar na prevenção e tratamento de infeções, agindo com poder anti-inflamatório e antisséptico, sendo conveniente inclusive para quem está sob tratamento de psoríase e eczema.

6. Cabelos
Contendo betasitosterol, a salva pode ser útil para homens que desejam prevenir a calvície. O óleo da erva é muito procurado para ser aplicado diretamente sobre o couro cabeludo.
A salva também tem os seus efeitos otimizados se combinada com outras ervas, como o alecrim. O chá também pode ser aplicado para deixar os fios mais brilhosos e sem caspa. Se você deseja o crescimento dos fios, saiba que a salva também pode favorecer a melhor circulação de nutrientes no couro cabeludo, o que auxilia na revitalização de seu cabelo.

7. Anti-inflamatório
Há quem consuma o chá de salva para o tratamento de inflamações, tanto externas quanto internas, como por exemplo, as inflamações na garganta e na pele.

8. Memória
A erva é recomendada para o melhor desenvolvimento da memória. Os benefícios podem, ainda, ser favoráveis para pessoas que precisam de tratamento para Alzheimer. Aqueles que desejam melhorar o rendimento nos estudos também podem contar com a contribuição da erva, já que ela oferece apoio para melhor atenção e desempenho mental.

9. Colesterol
A erva pode induzir à redução dos níveis de colesterol ruim, o LDL, assim reduzindo também as gorduras contidas na corrente sanguínea. Algumas pessoas que se submeteram a um teste durante 60 dias puderam notar que os níveis de triglicerídeos e colesterol reduziram até 18%. Pode-se obter aumento de até 10% de HDL, enquanto o LDL foi reduzido significativamente.

10. Indigestão
É recomendada para o tratamento e prevenção de doenças gastrointestinais e dispepsia. Ela pode estimular o funcionamento do estômago e reduzir a fraqueza do sistema digestório de modo geral. A erva estimula o funcionamento intestinal, reduzindo a possibilidade de má digestão e o funcionamento correto do pâncreas.

11. Diabetes
Para aqueles que desejam equilibrar os níveis de açúcar na corrente sanguínea, o extrato da erva também pode contribuir com efeitos anti-hiperglicêmicos, auxiliando no controle de glicose. Pessoas com diabetes tipo 2 podem obter estes benefícios da salva ainda mais superiores, mas é importante realçar que sem uma reeducação alimentar, sua contribuição pode ser mínima.

12. Asma
A s alva pode agir como antiespasmódica, assim reduzindo as tensões no sistema respiratório, favorecendo a inalação e reduzindo a possibilidade de crises de asma. Inflamações e constipações nas vias nasais também podem ser prevenidas e tratadas, justificados pelo efeito calmante que a erva pode oferecer sobre os músculos do sistema respiratório.

13. Perda de peso
O chá de salva pode ser importante para a perda de peso, pois ele oferece efeito diurético, que auxilia na eliminação de líquidos, evitando a retenção destes. A erva ainda pode contribuir com seus efeitos antioxidantes e estimulantes, o que apoia o funcionamento metabólico, otimizando a queima calórica. Com o corpo livre de toxinas, pode-se notar melhor os efeitos esperados de dieta e exercícios físicos, evidenciando a perda de peso significativa.

Cuidados

É importante preservar a sua saúde, por isso, se você possui problemas de pressão alta, está grávida ou está em fase de amamentação, evite o consumo da erva e procure uma avaliação médica antes da ingestão. Se você se submeteu a cirurgias, tem diabetes ou problemas com convulsões, procure acompanhamento e recomendação médica.
Quanto aos efeitos colaterais, é fundamental ter atenção, pois ânsias, desconfortos estomacais e dores podem ser sintomas de superdosagem ou consumo por engano. Em caso de alterações, deve-se procurar orientação de um profissional de saúde.

Contacte-nos hoje mesmo para informações nutricionais sobre este e outros produtos, bem como o modo de uso, ingredientes e benefícios.

Não esqueça… o seu corpo é o seu templo.

Venessa Barros
N.H.C.

4,521 total views, 24 views today

Tags

Ver também

Close
Close
Close