Beleza & Moda

Vichy Tendência 2018

Direitos Reservados

O padrão Vichy tornou-se moda nos Estados Unidos nos anos 40 e 50 em vestidos, saias rodadas, blusas, biquínis e camisas. No entanto, a história deste padrão também conhecido por “gingham”, começou a ser importado para a Europa no século XVII através do Oriente e foi muito popular na época Victoriana.
A cidade francesa Vichy, um lugar de renome pela fabricação de tecidos de algodão com este padrão, definiu-o. O fabrico faz-se através da sobreposição de fios antecipadamente tingidos sobre algodão branco, produzindo um xadrez em tamanho médio. Originalmente era apenas produzido em duas cores; preto e branco, azul e branco ou vermelho e branco. Curiosamente, é também o tecido corrente para o fabrico das clássicas toalhas de mesa aos quadrados.
A emblemática atriz francesa Brigitte Bardot foi quem imortalizou este estilo na Europa, no filme “E Deus Criou a Mulher”, em 1956. Três anos mais tarde, ao casar-se com Jacques Charrier, voltou a chocar quando elegeu um vestido do mesmo padrão, azul claro adornado com renda, desenhado por Jacques Esterel. Na altura, esta decisão provocou grande polémica nas revistas de moda pelo desrespeito da tradição do vestido de casamento.

Direitos Reservados

Na América, foi usado por inúmeras estrelas das décadas de 40 e 50; já que os estilistas americanos consideravam esta estampa muito patriotica, uma vez que era o uniforme dos pioneiros que desbravaram a America, os cowboys.
Judy Garland, Elizabeth Taylor, Doris Day, Jane Fonda, Lucy Ball, Marilyn Monroe, Jacky Kennedy e Dolly Parton foram algumas das artistas mais conhecidas que usaram o estilo. Já na Europa, Diana de Gales, Grace Kelly e Audrey Hephburn também se tornaram adeptas deste padrão.

Direitos Reservados

Mais recentemente, Sarah Jessica Parker, Anne Hattway, Alexa Chung, Amal Clooney, Kate de Inglaterra, Olivia Palermo, Ines de la Fressange, Reese Whitherspoon e Taylor Swift também se renderam a este clássico.

Direitos Reservados

Vichy é aquele estampado clássico que sobrevive ao tempo. O padrão voltou às passarelas internacionais este Verão em propostas contemporâneas. Diane Von Furstenberg, Ralph Lauren, Oscar de La Renta, Michael Kors e Carolina Herrera voltaram a usar este xadrez nas suas colecções, o mesmo fizeram as novas coleções das marcas de fast fashion.

Direitos Reservados

Mantendo o mesmo estilo com um cariz mais actual, há imensa liberdade ao conjugar o padrão com outras peças diferentes e acessórios. O leque de cores cores alargou-se ao branco e verde, amarelo, laranja, rosa, turquesa. Os vestidos podem ser cintados e as saias em godés de comprimento médio, combinadas com sapatos altos ou rasos.

Direitos Reservados

A camisa pode ser simplesmente usada atada na cintura,com calções ou saias de algodão lisas. O efeito de folhos e plissados é a novidade no Vicky.

Direitos Reservados

 

Se quiser sair do comum, misture o padrão Vichy com estampados, como florais ou mesmo com “animal print”. O Vichy e os florais resultam muito bem juntos, criando uma imagem interessante. Aposte por exemplo, em camisas florais com calções ou saias em Vichy. Já no caso do “ animal print “, use em pequenos detalhes. Para completar o look, use espadrilles e alguns acessórios, como pedradria colorida e pérolas, por exemplo.

Direitos Reservados

O padrão Vichy está em todo o lado, repete-se nos sapatos, acessórios…
E até bikinis!

Direitos Reservados

329 total views, 1 views today

Tags
Close
Close