ComunidadeEntrevistasLíngua Portuguesa

42 anos numa promoção do português a todos quanto consideram a nossa língua o país onde vivemos

Na edição de setembro da Revista Amar fomos de encontro a uma das figuras incontornáveis da comunicação social na comunidade Luso-Canadiana.
Falamos de Alexandre Ribeiro Franco, fundador, propietário e diretor do jornal Milénio Stadium que todas as semanas vai para a rua na zona metropolitana de Toronto, para satisfazer o anseio de uma comunidade sempre atenta e ávida de informação.

Alexandre, que iniciou a sua carreira nos meios de comunicação social no Canadá há sensivelmente 40 anos, na altura como gerente da Rádio Portugal de Montreal, tem uma carreira longa neste país ligada à promoção da Língua Portuguesa, de onde se destacam entre outras as passagens pela Rádio Clube Português de Toronto, a co-fundação da estação CIRV-FM 88.9 e pelo canal televisivo OMNI-TV e o título de melhor Jornalista da Diáspora Portuguesa através do Concurso do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Secretaria do Estado das Comunidade, levado a cabo no Convento do Beato, em Lisboa.

Fotografia gentilmente cedida por Alexandre Franco

Mas a carreira de Alexandre Franco começa ainda antes de rumar ao Canadá, onde tem sido desde 1986 e até muito recentemente correspondente da Antena Um (Antena1), do jornal “A Bola, do jornal “O Jogo” e do jornal “Record”.

Foi em Moçambique no final da década de 60, que inícia a sua carreira jornalística, tendo em 1975 ocupado o lugar de Subchefe da Secção Desportiva do Notícias de Lourenço Marques. Durante a sua estadia por aquele país apresenta e produz vários programas radiofónicos para a Rádio Clube de Moçambique.
Na África do Sul foi fundador do jornal Milénio South Africa e, antes de rumar ao Canadá, tem uma passagem breve por Portugal em 76, onde apresenta e produz o programa “Desporto no Mundo” na Antena Um (Antena1).

 

Alexandre Franco acompanhado com Marco Paulo há cerca de 25 anos Fotografia gentilmente cedida por Alexandre Franco

 

 

Alexandre Franco Moçambique, na companhia de Gomes “Faz Tudo” Fotografia gentilmente cedida por Alexandre Franco

 

 

Fotografia de Alexandre Franco registada em 2016 Fotografia gentilmente cedida por Alexandre Franco

 

 

 

Alexandre Franco acompanhado por Peter Ferreita, na cermónia dos COPA (Canadian Online Publishing Awards) em 2006. Fotografia gentilmente cedida por Alexandre Franco

No ano em que o Milénio Stadium celebra 27 anos de informação, divulgação da língua de Camões e promoção da comunidade portuguesa neste país, Alexandre Franco fala sobre as mudanças que estão agendadas para breve, sobre a parceria com a MDC Media Group e os projetos para o futuro.

Um casamento após 27 anos… Milénio Stadium & MDC Media Group

O nosso entrevistado abriu esta entrevista com o seguinte depoimento:

“Em primeiro lugar permita-me que agradeça à Revista Amar pelo privilégio de poder dar uma entrevista que me dá uma oportunidade nunca dantes oferecida por qualquer outro órgão de comunicação social, uma vez que, infelizmente, ninguém acredita na união que devia existir e cada um jornais e revistas que existem na nossa comunidade julgam ser os maiores, os melhores, quando efetivamente deviam ser muito mais humildes e reconhecedores de que muito do que anunciam está longe de ser a verdade.
Eu nunca fui capaz de dizer coisas do género “O mais lido em todo o Ontário”, ou “O melhor jornal”, ou ainda “O líder da Comunidade”, assim como há jornais que dizem aos seus potenciais clientes que publicam 80,000 cópias… quando publicam 8,000… Será que se consegue brincar com a mentalidade das pessoas desta forma?
Bom passemos então às suas perguntas:”

Revista Amar – A edição nº 1323 a 14 de abril deste ano, do Milénio Stadium, o Alexandre Franco anuncia e cito “… chegou a altura de pensarmos em darmos um passo (gigantesco) (e demos) em frente, ao nos aliarmos a uma organização que está a dar os seus primeiros passos em termos de comunicação social, a MDC Media Group, que possui a Camões Entertainment, a Camões Rádio e a Camões TV…”, agora, eis a pergunta que não quer calar, porquê este “casamento” após 27 anos de sucesso?

Alexandre Franco – “Precisamente por isso, os 27 anos. Há 27 anos, eu tinha quarenta e poucos anos, com muito “sangue na guelra”. Hoje, ao chegar aos 72 anos de idade, quero que o Milénio Stadium tenha a continuidade que merece. Não quero que o Milénio Stadium morra comigo, quero que continue a ser parte da Comunidade Luso-Canadiana durante muitos mais anos. Decidi que a melhor solução seria juntar-me à MDC Media Group, onde estou certo que o Milénio Stadium só poderá melhorar.”

RA – O Milénio Stadium sai a 1 de Setembro com uma imagem renovada. O Alexandre pode “levantar o véu” e contar um pouco sobre as novidades e o que levou às mesmas?

AF – “Com muito gosto. A partir da edição especial do Dia do Trabalhador, o Milénio Stadium passa a ser muito mais atualizado. Começa pela sua dimensão, a qual vai ser de leitura muito mais facilitada. O seu papel, em toda a sua dimensão e em todas edições passa a ser de Premium Paper, o que vai proporcionar uma qualidade de imagem muito superior há que estamos habituados. Tudo isto para beneficio dos nossos patrocinadores e dos nossos leitores, claro.
Nesta altura convém salientar que com esta parceria passámos a beneficiar de um novo departamento de Marketing, também ele muito importante para a continuidade do jornal. Mais colaboradores, mais vendedores, mais pessoas que vão contribuir para a melhoria generalista desta publicação.”

RA – Ao longo dos quase 27 anos, o Miléno Stadium foi adquirindo outros respeitáveis jornais da comunidade, como “The Portuguese Post”, “Correio Português”, etc. Qual a importância de (agora) dar vida a esses títulos?

AF – “Trata-se de outra medida muito importante, mostrando o respeito que temos por publicações que já foram muito importantes entre nós, passando a utilizá-las como secções das nossas futuras edições. Assim sendo, o “Construction News” vai passar a ser uma secção que se dedica à construção civil entre nós; o Portuguese Post, vai passar a ser o título da secção que se dedica às notícias de Portugal, em inglês; o “Correio Português”, como uma homenagem à grande jornalista que foi Maria Alice Ribeiro, assim como ao seu marido António Ribeiro, que fundaram o “Correio Português” em 1962, passa a ser uma secção de homenagem a ambos, com a publicação de histórias do passado; julgo que esta iniciativa vai ser muito do agrado dos nossos leitores.”

RA – Em novembro, serão 27 anos de Milénio Stadium. O que motiva o Alexandre a publicar semanalmente ao fim destes anos?

AF – “O vício de querer fazer aquilo que mais gosto de fazer na vida, sempre a pensar na melhor maneira de informar todos os luso-canadianos, pensando não só nos mais idosos, mas também e muito principalmente, nos mais novos, razão porque publicamos muitos artigos em inglês.”

RA – A Revista Amar gostaria de convidar o Alexandre a deixar uma mensagem, aos nossos leitores… à nossa comunidade em geral…

AF – “Em primeiro lugar agradecer esta magnifica oportunidade de transmitir a todos os leitores da Revista Amar aquilo que efetivamente deve ser a missão de qualquer órgão de comunicação social. A união que deve ser uma realidade. Deixarmos de olhar única e simplesmente para os nossos umbigos e pensarmos muito mais naqueles que na realidade devemos servir, os Luso-Canadianos de uma forma geral.
Aproveitar para realçar as fabulosas iniciativas da MDC Media Group, na pessoa do seu único responsável, Manuel da Costa, o qual lançou um projeto que ultrapassa todas as expectativas. Arriscado, mas muito bem pensado. É um prazer ter o Milénio Stadium Inc. envolvido e a acompanhar a par e passo todas as iniciativas do MDC Media Group.”

Alexandre Franco na Camões Radio Fotografia gentilmente cedida por Alexandre Franco

13,054 total views, 6 views today

Redes Sociais - Comentários

Tags
Back to top button
Close
Close