Saúde Alternativa

A abordagem da Medicina Chinesa à Gripe

Com a chegada do outono, mais casos de constipações e/ou gripes se fazem sentir. Mas porquê?
Segundo a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o outono tem como estado energético predominante a secura, a qual pode afetar o equilíbrio energético dos pulmões.
Ao penetrar na pele, o vento compromete a circulação de energia entre a pele e os músculos. Nesta região, está localizada a energia defensiva do corpo, denominada “Wei Qi”. Esta energia de defesa é comandada pelo pulmão. Pode dizer-se que os pulmões são os ministros da defesa do corpo, e atuam ao harmonizar o interior e exterior do corpo, ao nutrir e aquecer a pele, ao regular a transpiração e comandar a respiração.
Deste modo, quando o vento penetra na pele interfere no funcionamento no pulmão. O pulmão tem a função de difundir e propagar o Qi (energia vital) e também o oxigénio para todo o corpo. Quando o pulmão está obstruído, esta energia não desce e fica congestionada, daí que surjam espirros e tosse. Nesse momento, o sistema de defesa do nosso corpo é acionado e dá-se início a uma luta entre a energia defensiva – Wei Qi – e o agente patogénico, também denominado de Xie Qi.
Esta invasão, para a MTC, é entendida como vento exterior e este vento pode converter-se em vento frio ou vento calor, ou seja, são fatores climatéricos associados a agentes patogénicos como vírus e bactérias.
Se o vento frio prevalece no corpo, começam a surgir sinais de constipação, sendo esta mais fácil de curar, pois os seus sintomas são mais brandos.
Se o vento calor prevalece no corpo, surgem sinais de gripe, os quais podem durar mais dias e debilitar o indivíduo.

Para a MTC, cada órgão tem uma emoção associada e, no caso dos pulmões, a emoção associada é a tristeza. O que significa que ficar triste ou deprimido, pode afetar energeticamente estes órgãos, tornando-os mais vulneráveis ao aparecimento e/ou desenvolvimento de infeções por vírus, bactérias e outros agentes prejudiciais. Por esta razão, nesta época do ano existe uma maior predisposição para contrairmos gripes e constipações.
Para nós, ocidentais, entendermos esta explicação, basta compreendermos que é preciso reunir duas condições para o desenvolvimento das constipações e gripes: o enfraquecimento da energia interna, ou seja, do sistema imunitário e o aumento do poder das energias externas, isto é, frio, vento e humidade, neste caso específico.
Esta explicação não nega a existência do vírus que a Medicina convencional associa ao aparecimento da síndrome gripal. Contudo, não devemos esquecer que os vírus só são conhecidos desde meados do século XX (com a invenção do microscópio eletrónico) e a MTC previne, trata e cura doenças há cinco mil anos.

Tratamento

Para tratar os pacientes, existem imensos recursos a ter em conta dentro do universo da MTC, como sendo a acupuntura, a massagem, a dietoterapia e a fitoterapia. Em todas as situações pode ser feita acupuntura e massagem tuiná, a qual atua na abertura das vias respiratórias.

No vento frio: O paciente pode apresentar aversão ao frio, dores intensas no corpo, ausência de sede, urina pálida, cefaleia occipital, sem transpiração ou com transpiração moderada, espirros, secreções transparentes e bastante líquidas e tosse.

Recomendações: Chá de Alcaçuz, que atua na dispersão do frio. O alcaçuz é expectorante, ajudando a dispersar os fatores patogénicos e a fortalecer o pulmão. Deve ser tomado várias vezes ao dia. Pode-se tomar também, chá de canela e gengibre. Contudo, em casos de inflamação, infeção, dores de garganta ou febre, o gengibre pode piorar o quadro do paciente.
O escalda pés também é altamente recomendado nos casos de vento frio.

No vento calor: O paciente pode apresentar febre alta, inflamação na garganta, que pode ser acompanhada de tosse, sede e secreção profusa e amarelada.

Recomendações: Chá de hortelã, dado que é uma erva refrescante que atua na dispersão do calor, refresca a cabeça e melhora as funções do pulmão. O Própolis, também é recomendado pois é um anti-inflamatório natural. Deve colocar 10 gotas a cada 200 ml de chá ou água, apenas uma vez ao dia.

Prevenção

Canela
Propriedades: É rica em manganês, cálcio e ferro, possui importantes propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas, antibacterianas e antiparasitárias.

Funções: Reforça a energia, fortalece o baço, promove a transpiração, favorece a circulação sanguínea, reforça a energia defensiva, reforçando as defesas do organismo.
Indicações terapêuticas: Dores musculares que agravam nas estações frias, cefaleias, constipações, gripes, úlceras no estômago, diabetes mellitus, colesterol alto (hipercolesterolemia), obstipação, cansaço e astenia, falta de memória.

Recomendações: Segundo a medicina chinesa a canela deve ser consumida com moderação, porque em grandes quantidades é tóxica e contra-indicada na gravidez.

Equinácea
Propriedades: É antiviral, antisséptica, desintoxicante, imunoestimulante (reforça as defesas do organismo) e antifúngica.

Função: Reforça as defesas do organismo, promove a circulação de sangue e da energia.
Indicações terapêuticas: Estimula o sistema imunitário, atua diretamente no reforço das defesas do organismo, aumentando a resistência a constipações, bronquites e gripes.

Recomendações: Só pode ser tomada por um período máximo de 8 semanas, pois a partir dessa altura, há o risco de fragilizar as defesas do organismo em vez de as reforçar. Alerta-se também para o facto de as pessoas com doenças autoimunes (como o Lúpus, a Doença Púrpura e a Artrite Reumatoide), deverem ter especial cuidado na ingestão de medicamentos à base de equinácea.

Sugestão: O chá de equinácea, 2 a 3 vezes por semana, ajuda a reforçar o organismo e a melhorar o seu sistema imunitário.

Gengibre
Propriedades: É antibacteriano e desintoxicante.

Função: Promove a circulação de sangue e de energia e reforça as defesas do organismo.
Indicações terapêuticas: Falta de apetite, prevenção de náuseas e enjoos, dor abdominal, dores na coluna, gripes, constipações, gota, dores reumáticas.

Recomendações: Segundo a medicina chinesa, é contra-indicado em pessoas que cantem e que usem a voz na sua profissão, dado que o gengibre é conhecido pelas suas propriedades anestésicas, podendo conduzir progressivamente a uma situação de diminuição do controlo e da intensidade da voz.

Sugestão: Em caso de garganta inflamada e dificuldade em engolir devido à constipação com expectoração branca, aconselha-se tomar uma pequena colher de gengibre em pó, misturado com um pouco de mel. Colocar debaixo da língua e deixar derreter.

Anis-estrelado ou Estrela de Anis
Propriedades: É antisséptico, antiviral, anti-inflamatório, fortalece o sistema imunitário, é calmante, diurético e digestivo.

Indicações terapêuticas: Gripes e constipações, estados febris, inflamações, doenças virais.

Sugestão: Colocar anis-estrelado em chá de gengibre, ajuda no alívio de gripes fortes.

E, não se esqueçam… sorriam com saúde!!!

Dr.ª Helena Rodrigues

1,419 total views, 560 views today

Tags
Back to top button
Close
Close