CasaCostumes & Tradições

O presépio

A palavra Presépio deriva do latim praesepium, que quer dizer curral, estábulo ou lugar de recolha de gado.
Conta a tradição católica que o presépio teve origem no séc. XIII, na Úmbria (região da Itália central).
Foi S. Francisco de Assis que, com a permissão do Pápa, criou um presépio com figuras humanas e animais, recreando o local de nascimento de Jesus, que serviu de pano de fundo para a missa de Natal desse ano. Esta representação teve tanto sucesso, que se tornou numa referência Cristã, representativa do Natal, em quase todo o mundo.
Em Portugal, o presépio tem tradições muito antigas (por volta do séc. XVII).
É colocado no início do Advento sem a figura do menino Jesus, que será posta na noite de Natal, após a missa do galo.
O presépio é, por norma, desmontado no dia seguinte ao Dia de Reis.
Na tradição portuguesa, as figuras que se colocam no presépio, além da Sagrada família (S. José, Maria e o Menino Jesus), dos pastores e alguns animais, e dos três Reis Magos, também encontramos figuras como o moleiro e o seu moinho, lavadeiras, membros de um rancho folclórico e outros personagens típicos da cultura portuguesa.
Tradicionalmente feito de barro, podemos encontrar ainda peças de diversos materiais, desde tecido ou madeira e até porcelana fina.
Agora já pode pensar em encontrar as figuras necessárias ao seu presépio deste ano.

David Gonçalves

 

3,684 total views, 591 views today

Tags
Back to top button
Close
Close