Televisão

Camões TV – Programação Multicultural

A transmissão de programação multicultural tem-se tornado cada vez mais fragmentada devido ao número de intervenientes que exploram a indústria.

Alguns grupos continuam a crescer devido a políticas de imigração seletivas. Os governos aumentam os números de imigração de certos grupos étnicos em detrimento de outras com o propósito de comprar votos, o que causa desigualdades de audiência. Outras comunidades estagnaram devido à falta de nova imigração e inclusão de imigrantes existentes na sociedade canadiana.

Que significado terá esta mudança de paradigma em certas comunidades? Certamente, a consequência mais grave é a viabilidade económica da transmissão de conteúdo de base étnica tendo em conta todos os aspetos concorrentes na indústria de media.

O streaming e a pirataria da programação estão a aumentar, o que muda a forma como os telespectadores consomem o conteúdo. A observação televisiva continua a diminuir e, por conseguinte, não se assiste a uma manutenção de receitas sustentáveis, o que resulta na redução da produção de conteúdos originais.

Os media na comunidade portuguesa estão a passar por uma transformação. A venda da Rádio CIRV e da FPTV a entidades não associadas à diáspora portuguesa é um exemplo da redução dos conteúdos lusófonos. Vários jornais fecharam e alguns existem para simplesmente fornecer um cheque de pagamento aos seus proprietários.

A qualidade do conteúdo das fontes de media na nossa comunidade é, na melhor das hipóteses, medíocre, sendo que a maioria do conteúdo é emprestado ou canalizado através de fontes em Portugal que não têm nenhuma ideia do que é a sociedade e a cultura luso-canadiana. Criar meios de comunicação hoje em dia é arriscado e tem implicações financeiras extremas. Ainda assim, não podemos desistir do conceito de que a cultura é importante e de que enviar mensagens às gerações mais jovens com informação significativa e relevante vale a pena.

Por isso, a criação de um canal de televisão lusófono para transmitir conteúdos produzidos na nossa comunidade para a comunidade é um risco que vale a pena correr. A Camões TV pretende adotar a abordagem que a comunidade lusófona no Canadá merece o melhor e, depois do dia 9 de setembro de 2019, convidamos a comunidade a assistir a uma visão diferente de programação e a participar no seu sucesso.

Manuel DaCosta

423 total views, 63 views today

Redes Sociais - Comentários

Tags
Back to top button
Close
Close