Saúde Alternativa

A mente hipnotizada da criança

As nossas crianças são geradas e chegam ao mundo completamente inocentes e prontas para esta aventura que é a vida. A programação destas mentes começa no ventre da mãe a partir do momento da sua gestação. Ao longo do seu desenvolvimento vão surgindo muitos acontecimentos que vão modulando a vida desta criança.

A vida nem sempre é um conto de fadas para as pessoas mais jovens do mundo. Nas crianças e nos adolescentes, o seu crescimento também integra experiências de problemas e desafios variados.

Segundo Robert Shacter da faculdade de medicina de Mount Sinai de Nova York, as crianças tendem a ser mais facilmente responsivos à sugestão hipnótica do que os adultos. Isto significa que, na maior parte das vezes, apresentam-se como melhores candidatos á abordagem da hipnose clínica.

Sabia que como adultos, experimentamos estados de transe diariamente? Sabia que nas crianças este estado é contínuo? Pois é, a maior parte das crianças vive num estado constante de “transe”, repleto de fantasias e outras manifestações provenientes da sua poderosa imaginação criativa. A maioria das crianças experiência, naturalmente, estados hipnóticos através de processos inatos. Por exemplo, quando estão concentrados a jogar jogos eletrónicos, a ver bonecos animados, a ver um filme ou quando estão focados na história que está a ser contada, na cama, antes de adormecer.

A hipnose clínica é a modalidade perfeita para utilizar neste estado e capacitar crianças a serem ajudadas e a se ajudarem a elas próprias.

Elas adoram os rituais da hipnose clínica e, em consulta, tendem a responder de forma rápida e com muito entusiasmo. Não questionam para controlar. Questionam pela curiosidade e porque querem saber e descobrir mais do que lhes está a ser pedido. Gostam da novidade, da aventura, da experiência.

Quando conquistada a sua confiança, conseguimos conhecer melhor a mente hipnotizada da criança e quais os benefícios deste estado na sua vida familiar, escolar, social.

Os problemas da infância que a hipnose pode abordar incluem excesso de stresse, ansiedade, problemas de sono, enurese (perda involuntária de urina), roer unhas, chuchar no dedo, medos e fobias, maus hábitos alimentares e dificuldade de concentração. Melhorar as habilidades de estudo e realização de testes, melhorar a performance no desporto e as habilidades sociais também são resultados benéficos da hipnose.

Pretende-se que desenvolvam ferramentas de modo a que possam crescer com autonomia. Temos como meta, capacitá-los a aprenderem a gerir emoções que vivenciam neste mundo onde se encontram. Isto significa que aprendem a identificar o que são emoções. Como, porquê e quando estão a senti-las. Sejam elas positivas ou negativas. Provenientes de contextos agradáveis ou adversos. Essencialmente, ajudar as crianças a saberem gerir melhor o que sentem física e emocionalmente.

Acredite que hipnose clínica pode ajudar na recuperação e num potencializar recursos, capacidades e soluções. Como esta as crianças conseguem aprender capacidades inatas e direcioná-las no sentido da sua autoeficácia e autonomia.
Tal como dizia Milton Erickson: “não existem pessoas sem recursos, mas estados mentais sem recursos”.

Isabel Rebelo

Psicóloga e Hipnoterapeuta

Visite www.isabelrebelo.pt para mais nformações sobre psicologia, hipnoterapia e life coaching

215 total views, 3 views today

Redes Sociais - Comentários

Tags

Ver também

Close
Back to top button
Close
Close