Saúde & Bem-Estar

O robô que ajuda crianças autistas

As crianças com autismo precisam de acompanhamento de vários especialistas, sejam eles médicos, fisioterapeutas ou psicólogos. O “QTrobot” foi criado para interagir com autistas através de movimentos corporais, conversas, expressões faciais (sendo a cara do robô um ecrã). Essa interação faz com que a criança fique mais confortável e consiga estar mais atenta, o que facilita o trabalho com o terapeuta.

“Quando se está a interagir com uma pessoa, existem muitas características sociais, como expressões faciais, tom de voz e movimento do corpo, que são avassaladoras e que distraem crianças com autismo”, explicou Aida Nazarikhorram, uma das fundadoras da LuxAl, empresa que criou o robô, ao site “IEEE Spectrum”.
A ansiedade e os comportamentos repetitivos, como bater as mãos, tendem a diminuir. “Os robôs têm a capacidade de simplificar tudo. Por exemplo, sempre que o robô diz algo ou realiza uma tarefa, a forma como o faz irá repetir-se futuramente e isso dá conforto a crianças com autismo”, conta Aida, acrescentando que, “imediatamente, a criança começa a interagir com o profissional para fazer perguntas sobre o robô ou dizer o que está a achar do seu comportamento”.

O “QTrobot” vem com vários programas educativos, incluindo jogos, histórias e atividades desportivas. Os fabricantes afirmam que, em termos tecnológicos, pode ser “facilmente programado”. Atualmente, está apenas disponível para profissionais das áreas da saúde e da educação, mas está a ser estudada uma versão para ser usada pelos pais em casa.

Ana Sofia Reis

Fonte: NM

964 total views, 24 views today

Redes Sociais - Comentários

Tags
Back to top button
Close
Close