Alugar roupa, virar o ano - Revista Amar
Beleza & Moda

Alugar roupa, virar o ano

Smokings para homem e para mulher, vestidos de gala, lantejoulas, brilhantes. Fatiotas para entrar em 2020 e não guardar no armário.

Diana Quintela/Global Imagens

A noite em que se dá as boas-vindas a um novo ano tem de ser inesquecível. Alugar vestuário é uma opção e não há superstição que contraindique essa prática amiga do ambiente. Não é obrigatório arrumar no armário um fato ou um vestido que só se veste uma vez na vida. Ou uma vez no ano.

A passagem de ano tem os seus rituais e o guarda-roupa é um deles. A noite é de festa. Um fato é sempre um fato e os smokings não saem de moda. São um clássico. “Um smoking fica bem, tanto nos homens como nas mulheres”, garante a stylist Joyce Doret. Branco ou preto. “O preto é chique, fica bem, é de festa, mais distinto. O branco simboliza paz e boas entradas.”

Brilhantes, lantejoulas, dourados, prateados, veludos. Um vestido comprido para mulher, um smoking preto para homem. A stylist Margarida Dimas Folosa refere que tudo depende do contexto, do dress code. “A passagem de ano é uma noite muito glamourosa.

As lantejoulas acabam por ser uma ótima escolha para entrar deslumbrante na passagem de ano.” E há detalhes que fazem a diferença. “Uma maquilhagem bastante sofisticada e apostar em bons acessórios. Menos é mais.”

Diana Quintela/Global Imagens

Célia Costa da Gandra é proprietária da Aluguer Diadema, em Lisboa. Aluga roupa de cerimónia para qualquer ocasião. Tudo novo, nada em segunda mão, boas marcas. “Há ainda o culto de vestir uma peça diferente na passagem de ano.” E alugá-la dispensa lavagens e eventuais retoques de costura quando a festa acaba e um outro ano começa.

Sara Dias Oliveira NM

1,356 total views, 27 views today

Redes Sociais - Comentários

Tags
Ver também
Close
Back to top button
Close
Close