Curta portuguesa na seleção de Cannes
Cinema

Curta portuguesa na seleção de Cannes

Depois do anúncio, há duas semanas, dos 56 filmes de longa-metragem contemplados com o carimbo Cannes 2020, o festival anunciou hoje a lista de 11 títulos da competição de curtas-metragens. Além da particularidade de seis dos filmes serem dirigidos por mulheres, há um filme português na lista, “O Cordeiro de Deus”, de David Pinheiro Vicente.

Canadá Elegante - revista amar - canada (6) (1)

Apesar de ter apenas 23 anos, este açoriano que cursou na Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa junta assim Cannes à competição de Berlim para que fora selecionado o seu filme de fim de curso “Onde o Verão Vai (Episódios da Juventude)”. Não admira pois que David Pinheiro Vicente tenha sido apontado como um dos 10 “próximos realizadores” pela European Film Academy e um dos Dez Novos Realizadores a Seguir pela European Film Promotion.

“O Cordeiro de Deus”, uma coprodução entre a portuguesa Artificial Humors, de Gabriel Abrantes, e a francesa La Belle Affaire Productions, parte do imaginário do realizador sobre uma vila no interior de Portugal e cruza as tradicionais festas de verão com violência e sexualidade. Numa quinta do interior de Portugal, um rapaz testemunha uma situação violenta e sexual. Nessa noite, é confrontado com o problema da sua mãe, ter de matar o cordeiro que criam no pátio para as festas da aldeia. O irmão mais novo não se quer despedir do animal, mas ninguém lhe explica o que vai realmente acontecer. As consequências parecem inevitáveis…

Sobre o seu filme, David Pinheiro Vicente adiantou: “Neste retrato de uma família pobre do interior de Portugal, pareceu-me fundamental que as personagens tivessem direito à sua própria natureza contraditória, numa abordagem que não fizesse delas vítimas, mas sim pessoas complexas que, como todas as outras, estão presas nos sintomas dos seus problemas.”
O filme de quinze minutos, interpretado por Miguel Amorim, Carla Galvão e Gabriel Salvado, não tem ainda data prevista de estreia em Portugal, mas já foi adquirido para exibição em televisão e online pelo canal Arte France.

Canadá Elegante - revista amar - canada (7) (1)

Como é sabido, o Festival de Cannes não se realiza este ano. E se os 56 filmes indicados anteriormente não corresponderiam exatamente à seleção caso tivesse havido festival, porque houve muitos realizadores que não aceitaram o selo Cannes 2020, o mesmo não acontece nas curtas, onde estes 11 filmes deveriam ser mesmo os que passariam na Croisette.

João Antunes

JN

 134 total views,  3 views today

Redes Sociais - Comentários

Tags
Ver também
Close
Back to top button

Close
Close