Sex and the City
Beleza & ModaTelevisão

Sex and the City

revista amar - sex and the city
Ilustração: Armand Mehidni

 

“And Just Like That…” — é o nome da nova temporada da série do Sexo e a Cidade, anunciada no início deste ano. A frase, bem conhecida pelo público, aparecia escrita no ecrã do computador de Carrie, e era repetida por ela mesma, em jeito de introdução no início de cada episódio, às aventuras destas quatro amigas cosmopolitas, na cidade de Nova Iorque.

A notícia do regresso da série, que não precisa de apresentações, foi recebida pelos fãs com entusiasmo; ainda que com a ausência de Samantha Jones (a actriz canadiana Kim Catrall), que já tinha declinado anos antes a sua praticipação no terceiro filme com o mesmo nome, e que desta vez, se recusou voltar à série; segundo as más línguas, devido à relação conflituosa com SJP. Dez novos episódios, que começarão a ser rodados no final desta primavera, em Nova Iorque, vão levar os fãs de Carrie (Sarah Jessica Parker), Miranda (Cynthia Nixon) e Charlotte (Kristin Davis); que lhes acompanharam os amores, cumplicidades e desilusões desde 1998 até 2004, às suas vidas atuais… Como estão elas agora? A série, que está prevista estrear no final do ano, ou no início do próximo, promete desvendar as aventuras citadinas deste grupo de amigas, que vivem agora a penitude dos cinquenta anos, com o drama e o glamour das suas divertidas peripécias.

Com esta fantástica notícia, que marcou o início do ano, e à indiscutível revolução na forma de vestir que a série trouxe à realidade das mulheres de Trinta, na altura, resolvi trazer o estilo de cada uma à lupa. Todas as mulheres, secretamente, se identificam com uma destas personagens, de acordo com as suas preferências no vestir, nos acessórios, cores e estilo pessoal. Descubra a sua!

 

revista amar - sex and the city - Carrie Bradshaw
Créditos: Direitos Reservados

 

Carrie Bradshaw

É a cronista que prefere comprar a revista Vogue do que o jantar. A mais baixa do elenco, que é proprietária de uma coleção de sapatos de salto alto avaliada para cima de $40.000. Carrie é normalmente, quem mantém os concensos e vive em total liberdade criativa. Tem o instinto natural de lançar tendências mais rapidamente do que a própria Vogue. A personagem mais eclética de todas, que adora encontrar uma bagatela e a sabe coordenar na perfeição, com um par de Manolo’s. Manolo Blahnik, ganhou mediatismo desde que Carrie exprimiu a sua obsessão pelos sapatos desta marca, na série. É sabido que SJP passava 18 horas por dia, de saltos altos, durante a rodagem dos episódios, e ninguém estranhou, quando abriu a sua própria loja de sapatos com o seu próprio nome.

 

revista amar - sex and the city - Carrie Bradshaw

 

Caçadora nata de peças “cutting edge”, não passa um dia sem ir às compras. Tem como peças-chave, o fio com o seu nome; idealizado pela designer da série, Patricia Field; que o resgatou aos anos 80 e tem sido campeão de vendas, na loja online desta. O célebre tutu de tule branco, com que aparece no genérico à passagem do autocarro, foi também um achado de Patricia Field, numa loja em segunda-mão, por $5. Os acessórios são o fator surpresa nos seus coordenados.

 

revista amar - sex and the city - Carrie Bradshaw

 

Já não se pode dizer o mesmo de outras peças, que extrapolam o orçamento de qualquer “fashionista”. O vestido mais caro que usou foi “Mille Feuille” do Atelier Versace Couture, quando estava à espera do seu encontro com Alekxandr Petrovsky, no valor de $80.000. Já o mais polémico, foi o vestido de jornal desenhado por John Galliano, para a Christian Dior, que custou $1.500; e que foi inspirado nos sem-abrigo que populavam pelas ruas de Paris, em 1935. Este vestido foi repetido duas vezes em cena. Foi uma exceção; da mesma forma que o casaco de peles comprido; que foi usado recorrentemente em todas as séries.

 

revista amar - sex and the city - Carrie Bradshaw

 

Tudo o resto, Patricia Field, fez questão de ser apenas usado uma única vez. Curiosamente, pelo menos 70% do guarda-roupa de Carrie, ficou na posse de SJP.

 

revista amar - sex and the city - Carrie Bradshaw revista amar - sex and the city - Carrie Bradshaw

 

O estilo pessoal de Carrie é colorido, divertido, e imprevisível. Muito feminina, adora florais e diverte-se quando usa uma flor na lapela de um conjunto mais banal. É fã de peles verdadeiras e abusa de brilhos, mesmo de dia, e de noite veste-se de “flappers”. Carrie é uma criativa, no que concerne o seu estilo pessoal. Quanto à beleza, tanto ondula, como estica o cabelo, sempre volumoso, ou o corta num “bob” intemporal de meter inveja. Coleciona vernizes e batons, como qualquer mulher a gostar dela própria.

 

revista amar - sex and the city - Samantha Jones

 

Samantha Jones

Samantha é essencialmente, uma mulher de negócios na área do entretenimento, num universo masculino. É naturalmente sedutora, irresistível, transgressora, libertina, um demónio insaciável, que tenta homens e mulheres. O seu estilo pessoal, é dramático. Gosta de ser o centro das atenções. Há sempre nela algo que choca e impressiona: um decote, ou um detalhe feminino e excêntrico, que chama imediatamente à atenção. O seu grau de sofisticação está elevado ao máximo, nem que seja para uma tarde às compras. Ela veste para impressionar e construír primeiras impressões irrepreensíveis. Dá preferência a cores chamativas e de grande contraste, como o vermelho e preto. Cores como ela própria; teatrais, fortes e decisivas. Cores arrojadas, padrões de leopardo, chapéus enormes e ombros exagerados. Escolhe tecidos com textura, armados, ou colantes. Abusa dos dourados e dos brilhos.

 

revista amar - sex and the city - Samantha Jones

 

Os acessórios são decisivos para a imagem que quer passar. Cintos largos, pulseiras grandes e colares extraordinários. Em relação aos atributos físicos, assume com vaidade a sua cabeleira loura, que mantém quase inalterável no corte. É particularmente discreta no uso de maquilhagem. Usa sem impor, não correndo o risco de se tornar banal; contudo certa dos seus predicados atrativos. Dramática, arrojada, auto-confiante, é a mais destemida de todas. É o tipo de mulher que nos faz acreditar que se pode usar o que quiser. Onde quer que vá, a sua presença deixa uma mensagem.

 

revista amar - sex and the city - Samantha Jones

 

Apesar de Kim Catrall não entrar na nova série, Samantha é um pilar no grupo das quatro. A atriz, com cerca de mais de dez anos que as companheiras de elenco, quando foi contratada para a série, pensou que iria fazer de mãe de uma das companheiras; nunca julgando que fosse uma delas; por essa razão, terá recusado o papel duas vezes.

 

revista amar - sex and the city - Samantha Jones revista amar - sex and the city - Samantha Jones

 

Quando estava em fimagens, insistia representar sempre em saltos altos; dizia que isso a ajudava a entrar na personagem. Trouxe uma dinâmica muito divertida ao grupo.

 

revista amar - sex and the city - Miranda Hobbes

 

Miranda Hobbes

Miranda é uma natural. Prática, como na vida, assim é no vestir. Não complica. É a que tem sofrido alterações mais suaves, na sua imagem. De espiríto independente, advogada, num patamar profissional exigente, cola-se a um estilo profissional necessário; e despreocupado, quando está com as amigas.

Sem a preocupação imediata de passar a imagem de uma sedutora, ela centra-se em fatos e peças de boa qualidade, passando uma imagem profissional e competente.

 

revista amar - sex and the city - Miranda Hobbes

 

É coerente nas cores e não gosta de arriscar. Tende a fixar-se em cores sóbrias, suaves e escuras. Sendo ruiva para a série – já que a sua cor natural é o loiro; mantém-se fiel aos verdes, amarelos torrados, bordeux, cor de tijolo, magenta, castanhos e azuis ultramarinos.

 

revista amar - sex and the city - Miranda Hobbes

 

É a única do grupo que casa de fato de veludo completo, em vez do tradicional vestido de noiva. Aposta em cortes de cabelo curtos e práticos, de aspeto irrepreensível. A maquilhagem é sempre leve. Para Miranda, definitivamente que “menos é mais”.

 

revista amar - sex and the city - Miranda Hobbes

 

É a mais alta do grupo. Recusa-se a usar “piercings”; o que fez com que todos os brincos que usasse na série, tivessem de ser mandados alterar com molas.

 

revista amar - sex and the city - Charlotte York

 

Charlotte York

De uma personalidade romântica, tradicionalista e clássica, Charlotte é a mais feminina de todas. É a mais cobiçada na net, e comparada a figuras da realeza, como Kate Middleton.

 

revista amar - sex and the city - Charlotte York

 

Em termos de estilo, recorre constantemente, a pormenores extramamente femininos; como aos folhos, laços, bolinhas, previligiando as saias e vestidos em detrimento das calças. As malas são sempre de linhas clássicas ou retro; e até nas cores, tem especial predilecção por rosa.

 

revista amar - sex and the city - Charlotte York

 

Os seus costureiros de eleição, são Ralph Lauren, Oscar de La Renta e Prada. Finaliza os seus conjuntos, com um blaser de bom corte, e os seus acessórios eternos; um par de brincos de pérolas ou um colar, e os seus enormes óculos de sol pretos.

 

revista amar - sex and the city - Charlotte York

 

Quando se pensa no estilo de Charlotte, imediatamente se visualiza linhas sóbrias, silhuetas clássicas e sapatos de extrema elegância. O perfeito estilo de uma senhora intemporal, a lembrar Audrey Hephburn ou Grace Kelly.
Sendo morena de tez clara, opta por cores frias, mas também pelos tons pastel.
Usa sempre o cabelo comprido e penteado, sem mácula, e não se atreve a mudar a cor.

 

revista amar - sex and the city - Charlotte York revista amar - sex and the city - Charlotte York

 

Tudo isto reforça a ideia de que Patricia Field, a designer da série, é um génio na indústria da moda do cinema. A sua visão levou com que uma geração de mulheres equacionasse de outra forma a moda. Apostando no sentido eclético das peças, na expressão criativa e o auto-conhecimento de cada mulher. É por isso que o Sexo e a Cidade se mantém atual há mais de vinte anos. E tão cedo, não há-de sair de moda. Ainda que lamentavelmente, sem Samantha Jones.

Maria João Rafael

Consultora de Imagem

Redes Sociais - Comentários

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo